Número total de visualizações de página

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Santarém esteve desde sempre...







Santarém esteve desde sempre inserida numa área bastante fértil em água e propícia para a agricultura, motivo pelo qual, povos como os celtas, fenícios e cartagineses passaram por aquela região.
Foi no século I a.e.c. que os romanos designaram esta localidade de Scallabis, ou Presidium Julium. Já com a conquista árabe no século VIII, passou a chamar-se Shantarin.
No dia 15 de Março de 1147, Santarém é tomada pelos cristãos sob a liderança de Yahia ben Yahia, guerreiro judeu e amigo de D. Afonso Henriques. 
Após este audaz episódio, 80 Km separavam Santarém de Lisboa, a presa mais cobiçada para os exércitos cristãos. 




Já haveria judeus a viver durante o domínio islâmico em Santarém, dedicando-se a actividades como o artesanato e comércio.





A judiaria situava-se na Rua Direita, junto às portas da cidade e fazia parte das sete comarcas mais importantes, definida durante o reinado de D.Dinis e confirmada por D.João I.
Até ao decreto de expulsão de 1496, esta judiaria era uma das maiores de Portugal, juntamente com Évora, Lisboa e Porto.





O Beco do Isaac e a Travessa da Judiaria, são dos poucos "vestígios" que restam da presença hebraica na cidade.



Eis alguns nomes de judeus de Santarém, que constam nas chancelarias reais de D.Dinis e D.Fernando, século XIV.



Abraão Marcos, 1382, ferreiro, - Santarém
Isaac Azerique, 1383, carniceiro, - Santarém
Abraão Azetri, 1383, - Santarém
Abraão Cainom e Abraão Azis, 1383, - Santarém
Isaque Franco, Lisboa - (Santarém)





Fotografias de Manuela Videira e Carlos Baptista



Fontes: 
www.academia.edu/2346872/Os_judeus_nas_vilas_da_Guarda_Santarem_Evora_e_Beja_segundo_os_seus_costumes_e_foros_in_Cadernos_de_Estudos_Sefarditas_Lisboa_2009.
zivabdavid.blogspot.pt
dasserpentes.blogspot.pt
www.bb.com.br/docs/pub/voce/dwn/MariaJoseFerTavares.pdf