Número total de visualizações de página

terça-feira, 27 de maio de 2014

Conferência - Bandarra e o messianismo judaico







Por Maria José Ferro Tavares. Dia 29 de Maio
 às 18h00 no CNC.

 (Entrada livre)


Gonçalo Anes, o Bandarra, foi um sapateiro e profeta português, autor de Trovas messiânicas que ficaram posteriormente ligadas ao sebastianismo e ao milenarismo português.


As trovas do Bandarra são impressas em 1603 pela primeira vez, em Paris, por obra de D. João de Castro (Paráfrase e Concordância de Algumas Profecias de Bandarra, Sapateiro de Trancoso).

Sapateiro com loja aberta em Trancoso, terra da sua naturalidade, deu em versejar umas "esquisitices" de bom agrado para os cristãos-novos e de mau agoiro para a Inquisição. Mais tarde, foram aproveitadas as profecias para servirem o mito nebuloso do regresso de D. Sebastião, o "Encoberto", a causa dos revoltosos e restauradores de 1640, a derrota de Napoleão em terras lusas e o mito do Quinto Império, incendiado pelo Padre António Vieira e por Fernando Pessoa.



Fotografia do Bandarra, de Rafael Baptista - 2013



Via: CNC - Centro Nacional de Cultura
Rua António Maria Cardoso 68, 1249-101 Lisboa