Número total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Seminário





Judeus Brancos, Judeus Pretos em Moçambique: etnografia da comunidade Honem Dalim
Marina Pignatelli (CRIA-IUL, MobCiD-ISCSP/UL)
17 de Novembro, 18h00 - 20h00 | Auditório C103, Edifício 2 | ISCTE-IUL








Resumo


Ao lado da África do Sul, famosa sociedade dada a extremadas discriminações identitárias, Moçambique parece um paraíso de cosmopolitismo e interculturalidade. Ainda assim, de entre as diversas comunidades etno-linguísticas e religiosas que compõem o tecido social do país, e que aparentemente coexistem pacificamente, encontra-se uma muito reduzida e heterogénea comunidade judaica que o trabalho de campo antropológico revela ser pautada por fracturas identitárias severas. Tal diversidade coloca em risco a sua própria continuidade, não fosse algum grau de tolerância e abertura necessárias na aferição de quem é judeu ou não, em Maputo. A etnografia demonstra haver desentendimentos entre os vários critérios de categorização identitária, entre os quais a lei judaica, a religiosidade, a classe e a cor são tidos como importantes. As noções de hibridismo, hospitalidade, globalização imaginada, apatridade e alteridade são no presente estudo incontornáveis, de modo a compreender quem se afirma ou é percepcionado como judeu, concretamente neste contexto africano específico.



Nota biográfica


Marina Pignatelli é Doutorada em Ciências Sociais na especialidade de Antropologia Cultural e Mestre em Ciências Antropológicas, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – Universidade Técnica de Lisboa, tendo completado pós-graduações em Etnologia das Religiões (FCSH – Universidade Nova de Lisboa) e em Estudos Sefarditas (Faculdade de Letras de Lisboa) e cursos livres de especialização em Parapsicologia e Religião, Simbolismo, Judaísmo, Novas Religiões Contemporâneas, Peacekeeping e Resolução de Conflitos (UNITAR) e Gestão Civil de Crises (IDN). Tem-se dedicado ao estudo da Antropologia das Religiões, concretamente sobre a realidade judaica nacional desde 1991, em paralelo com a docência no ISCSP e, mais recentemente, desenvolvido investigação na área dos conflitos étnicos e religiosos, estando actualmente a desenvolver um programa de pós-doutoramento sobre os Judeus em Moçambique.







CENTRO EM REDE DE INVESTIGAÇÃO EM ANTROPOLOGIA (CRIA)


fcsh-unl . fct-uc . iscte-iul . uminho
Sede/Office:
Av. das Forças Armadas, Ed. ISCTE-IUL
1649-026 Lisboa | Portugal
T: (+351) 217 903 917

E: cria@cria.org.pt
W: http://cria.org.pt/site




(Enviado gentilmente por Margarida Castro)