Número total de visualizações de página

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Deambulando por Lisboa




Lisboa ainda se espreguiçava entre o rio e as suas sete colinas, quando foram obtidas estas fotos.

A sua história, cultura, a vida fervilhante de um local que desperta ainda de madrugada, as cores e cheiros, bem como uma boa dose de paixão alfacinha, levam-nos ainda hoje a descobrir os mais surpreendentes recantos e segredos de uma cidade com mais de dois mil anos.







 Rua António Maria Cardoso, 
Antiga sede da PIDE/DGS, (a polícia política do Estado Novo).





Estátua de António Ribeiro, conhecido por "O Chiado" ou "O Poeta Chiado".
(Évora, em 1520 (?) - Lisboa, 1591).





Chiado.





Largo e Convento do Carmo.


 Na área que hoje abrange o Largo do Carmo, existiu a mais antiga Judiaria de Lisboa, a do bairro da Pedreira, onde foi construída uma sinagoga no século XIII, (1260).
Foi extinta em 1317, quando o rei D. Dinis doou essas casas ao almirante genovês Pessanha.

http://www.aast.ipt.pt/

Associação dos Amigos da Sinagoga de Tomar 

"Arqueologia e Historia", Volumes 7-8
 Da  Associação dos Arqueólogos Portugueses

http://books.google.pt/









 Fachada do antigo Convento do Carmo, símbolo da arquitectura religiosa, gótica e barroca. Igreja do Convento Carmelita  hoje, dividido entre o quartel da Guarda Nacional Republicana e o Museu Arqueológico do Carmo.
 1 de  Novembro de 1755, o terramoto que abalou Lisboa, danifica gravemente o convento
Classificado como Monumento Nacional.


Curiosidade

A 16 Julho de 1389,  deu-se início ao lançamento da primeira pedra, sendo a obra dirigida por Afonso, Gonçalo e Rodrigo Eanes, tendo surgido vários problemas com os alicerces, devido ao solo arenoso e a escarpa instável; trabalham no local os pedreiros Lourenço Gonçalves, Estêvão Vasques, Lourenço Afonso e João Lourenço, sendo a cal amassada pelos judeus Judas Acarron e Benjamim Zagas.


Fonte: http://www.monumentos.pt/





Sé de Lisboa.


A Sé de Lisboa, ou Igreja de Santa Maria Maior, foi construída na 
 na segunda metade do século XII, após a tomada da cidade aos muçulmanos por D. Afonso Henriques, em 24 de Outubro de 1147.




Hexagrama gravado na parede da Sé.







Cerca Moura. 

Encontram-se hoje em dia alguns vestígios da muralha mais antiga de Lisboa que se tem conhecimento. Este sistema defensivo terá sido construído pelos Mouros aquando a sua ocupação do território, provavelmente entre inícios do século X até 1147.





Miradouro das Portas do Sol.









Miradouro da Graça.






Fotografias de Rafael Baptista e Manuela Videira (2014).