Número total de visualizações de página

domingo, 28 de junho de 2015

David Ricardo






David Ricardo 
(1772-1823)




Economista e político inglês, descendente de judeus portugueses, nasceu em Londres, a 18 de Abril de 1772, e faleceu a 11 de Setembro de 1823. Chegou a viver com a família na Holanda, onde o pai negociava na bolsa de valores, e em 1784 já seguia as pisadas do progenitor na Bolsa de Londres. Enquanto viveu em Amesterdão integrou-se na comunidade judaica de origem portuguesa. Teve sucesso na sua vida profissional, o que lhe permitiu concentrar-se nos seus estudos a partir de 1814, em retiro na propriedade rural de Gatcombe Park (Gloucestershire).


Publicou alguns escritos sobre economia, começando por pequenos panfletos que tratavam de temas como o comércio internacional e a repartição das rendas, entre 1809 e 1815: The high price of bullion, a proof of the depreciation of bank notes (1810, O alto preço do ouro, uma prova da depreciação das notas bancárias), An essay on profits (1815, Ensaio sobre a influência de um baixo preço do trigo sobre os lucros do capital), entre outros; e em 1817 publicou a obra Principles of Political Economy and Taxation (Princípios da economia política e tributação), onde expunha a sua teoria da vantagem comparativa. Os estudos e conceitos elaborados por David Ricardo demonstraram ser fundamentais, nomeadamente nesta teoria da vantagem comparativa, relativa ao comércio internacional, onde defendeu a ideia de que mesmo os países com menos capacidades produtivas lucravam com o comércio livre, sem restrições e monopólios, desde que se especializassem naquilo que de melhor produziam. Além disso, era também de sua opinião que a economia não seria afectada pelo suprimento dos gastos por meio de impostos. 


Este economista, amigo de Thomas Malthus, de Jeremy Bentham e bastante influenciado por Adam Smith, teve igualmente muito peso entre os teóricos da economia marxista, além daqueles do seu tempo. Integrou a Câmara dos Comuns até à data da sua morte como representante de Portalington (Irlanda), onde teve a oportunidade de defender o comércio livre, a abolição das Leis do Milho - na sequência da oposição ao proteccionismo às economias nacionais - e o voto em segredo, entre outras convicções.




Fonte: "Infopédia"