Número total de visualizações de página

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Porto abre portas de museu judaico com nomes de vítimas da Inquisição





Lusa - Domingo, 24 de Maio de 2015 




Porto, 24 de Maio - O Museu Judaico do Porto abriu portas esta semana para dar a conhecer a história da comunidade desde a época medieval até aos dias de hoje e onde é possível saber o nome dos 842 portuenses vitimados pela Inquisição.


É no primeiro andar da sinagoga Kadoorie Mekor Haim, a maior da Península Ibérica, que está instalado o museu judaico da Comunidade Israelita do Porto (CIP), fundada em 1923 pelo capitão Barros Basto e por judeus provenientes da Europa Central que residiam na cidade.








Via: Visão




Ler mais: http://visao.sapo.pt/porto-abre-portas-de-museu-judaico-com-nome-de-900-vitimas-da-inquisicao=f820621#ixzz3b8ezc0UD