Número total de visualizações de página

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Projecto "Monsaraz na Rota das Judiarias Portuguesas / Casa da Inquisição - Centro Interactivo"





Centro Interactivo da Casa da Inquisição vai mostrar a memória judaica em Monsaraz 

08/11/2014 - 12h27



Este projecto será desenvolvido no âmbito da candidatura Rotas de Sefarad: valorização da identidade judaica portuguesa no diálogo interculturas”, promovido pela Rede de Judiarias de Portugal com o apoio do governo da Noruega, através do mecanismo financeiro do espaço económico europeu 2009-2014 e do protocolo assinado entre os European Economic Area Grants e o Estado português.





Casa da Inquisição.



O Centro Interactivo da Casa da Inquisição, projecto que conta com a coordenação científica de Saul António Gomes, Professor Associado da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, deverá estar concluído em 2016 e pretende dar a conhecer à comunidade e aos turistas a memória judaica em Monsaraz, dentro de uma perspectiva de multiculturalismo dos povos e das religiões. Através deste centro interactivo poderá também desenvolver-se e aprofundar-se a investigação científica histórica, preservar e valorizar o património cultural, colaborar na constituição de núcleos museológicos temáticos relacionados com a riqueza histórica e patrimonial de Monsaraz e divulgar e promover a riqueza patrimonial e paisagística da região.


Após a adaptação da Casa da Inquisição, o centro interactivo ficará com uma área sobre o património e a história de Monsaraz e diversas salas temáticas. “A Religião e o Homem” será uma sala de exposição permanente dedicada ao multicuralismo dos povos e das religiões que passaram por Monsaraz. Destaque às chamadas Religiões do Livro - Cristianismo, Judaísmo e Islamismo – que estiveram presentes em Monsaraz, que coexistiram e que formaram a identidade do burgo montesarense em determinados momentos da História. Também a componente arqueológica será determinante nesta sala, pois pretende-se dar a conhecer o culto dos povos pré-históricos que habitaram esta região.


“O Judaísmo em Monsaraz” será um espaço destinado à história e à presença judaica em Monsaraz, que será desenvolvido de acordo com os documentos e os artefactos existentes. Pretende-se perceber a presença e a herança judaica em Monsaraz, mas será também um espaço dedicado aos cristãos-novos (judeus convertidos à força ao cristianismo no século XV) e ao papel da inquisição na sociedade portuguesa. 





Vista de Monsaraz desde o castelo.



Haverá outro espaço para exposições temporárias e eventos que terá um discurso expositivo com recurso a elementos multimédia e físicos (documentos, fotografias, artefactos, etc.). Nesta sala pretendem-se organizar exposições temáticas, quer as ligadas ao povo judaico, quer as relacionadas com a história local como veículo para a compreensão do passado, dos povos e das religiões que estiveram presentes em Monsaraz. 


O Centro Interactivo da Casa da Inquisição terá também um gabinete de trabalho e de recepção para investigadores e estudantes que ambicionem aprofundar os seus conhecimentos sobre algumas temáticas expostas, num espaço de trabalho e de pesquisa, gerador de conhecimento e de informação. Por fim, o Espaço Passado/Futuro, pretende ser uma janela de esperança e de paz entre as religiões. 






A Rede de Judiarias de Portugal - Rotas de Sefarad, fundada em 2011, é uma associação com carácter público mas de direito privado, que tem por fim uma actuação conjunta na defesa do património urbanístico, arquitectónico, ambiental, histórico e cultural relacionado com a herança judaica. Através desta candidatura haverá 16 acções âncora, que decorrerão em 15 municípios do país, entre os quais o de Reguengos de Monsaraz. 



Via: www.rostos.pt