Número total de visualizações de página

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Rir é o melhor remédio









Isaac encontra-se com o seu velho amigo Samuel:

- Então Samuel, há quanto tempo ! Como vais meu bom amigo ?
- Eh pá, vou muito mal !
- Caramba, então por quê Samuel ?
- Minha querida mãe faleceu na semana passada !
- Não me digas ! Os meus mais sinceros sentimentos ! Afinal o que é que ela tinha ?
- Infelizmente, muito pouca coisa, vê bem Isaac ! Uma casa, duas pequenas lojas no centro da cidade de Lisboa e um pedaço de terreno na Mealhada !





Sugestão - Centro Cultural de Cascais




Situado no antigo Convento da Senhora da Piedade (século XVI). 







Foi transformado e reconstruído, de forma a poder receber as mais variadas exposições, concertos, espectáculos, entre outros eventos. 































Possui serviço de cafetaria, lojas
 e uma excelente esplanada.



Fotos: R@fael e C@rlos Baptista (Maio de 2015)



segunda-feira, 25 de maio de 2015

Porto abre portas de museu judaico com nomes de vítimas da Inquisição





Lusa - Domingo, 24 de Maio de 2015 




Porto, 24 de Maio - O Museu Judaico do Porto abriu portas esta semana para dar a conhecer a história da comunidade desde a época medieval até aos dias de hoje e onde é possível saber o nome dos 842 portuenses vitimados pela Inquisição.


É no primeiro andar da sinagoga Kadoorie Mekor Haim, a maior da Península Ibérica, que está instalado o museu judaico da Comunidade Israelita do Porto (CIP), fundada em 1923 pelo capitão Barros Basto e por judeus provenientes da Europa Central que residiam na cidade.








Via: Visão




Ler mais: http://visao.sapo.pt/porto-abre-portas-de-museu-judaico-com-nome-de-900-vitimas-da-inquisicao=f820621#ixzz3b8ezc0UD





sexta-feira, 22 de maio de 2015

A frase da semana








"O judeu é a verdadeira eternidade".




Leão Tolstoi






Brilho e glória




O Livro e a Iluminura Judaica em Portugal







Um importante legado cultural reunido em exposição organizada pela Biblioteca Nacional de Portugal, e que terminou no passado dia 15 de Maio.

















































Hoje, será apresentado no Auditório do BNP pelas 18h00, o catálogo da exposição, “ O livro e a iluminura judaica no final da Idade Média”.







Entrada  livre



Fotografias de R@fael Baptista e C@rlos Baptista